Filmes 

Robocop Returns – Realizador de «District 9» deixa o comando da sequela direta do filme de 1987

Através do Twitter, o realizador Neill Blomkamp (District 9; Chappieanunciou a sua saída de RoboCop Returns, o novo filme da clássica franquia Robocop.

Na publicação, o cineasta conta que, devido a problemas de agenda, e ao facto da MGM não querer esperar, não vai ser o responsável pela realização do projeto:

“Estou fora do novo «Robocop». Estou a filmar um filme de terror e a MGM não quer esperar, quer antes começar a gravar agora. Contudo, estou entusiasmado para ver o filme nos cinemas com os restantes fãs.”, escreveu.

No início do mês passado, Blomkamp já havia revelado estar no processo de guião, e ainda confirmou que o icónico visual do Robocop, presente no original de 1987, voltará a aparecer nesta sequela direta que irá ignorar os eventos dos filmes de 1990 e 1993.

Foi em 2018 que a MGM anunciou estar a desenvolver um novo filme da saga de ação e ficção cientifica, que será orientado para o público adulto, assim como os três principais antecessores. Agora, o estúdio está à procura de um substituto para ocupar o cargo de realizador.

A franquia original que segue a história de um agente da polícia que sofre um acidente mortal, e é transformado num autêntico cyborg, começou em 1987 com RoboCop, seguido por uma sequela em 1990 e um terceiro filme em 1993. No entanto, em 2014, um remake foi lançado com o ator Joel Kinnaman (Suicide Squad) no papel principal.

Ainda não existe uma data prevista para a estreia de RoboCop Returns.

Related posts