Filmes 

Planet of the Apes – Novo filme da franquia sci-fi, pelo realizador de «Maze Runner», não será um reboot

No final do ano passado, a 20th Century Studios (da Disney) anunciou que, ao lado do realizador Wes Ball, estava a começar a desenvolver um novo filme da franquia Planet of the Apes.

Até ao momento, não haviam sido reveladas novidades sobre o projeto, mas o ComicBook.com avançou agora com um artigo que afirmava que a nova história iria servir como um reboot de todos os filmes lançados anteriormente.

No entanto, Ball, conhecido pela adaptação cinematográfica de The Maze Runner, em resposta à publicação da notícia, garantiu que esse não será o caso. No Twitter, o cineasta disse:

“Nunca foi mais fácil para os jornalistas conseguirem entrar em contacto com as pessoas que realmente sabem destas coisas… mas hoje em dia talvez seja tradição não verificar factos? Porém, não se preocupem. Eu não irei estragar surpresas, mas posso dizer que o legado de Caeser irá continuar.”, afirmou.

Embora as palavras de Ball, não existe informação suficiente para saber se o objetivo será fazer uma continuação direta ou um spin-off da mais recente saga iniciada em 2011 pelos cineastas Rupert Wyatt (The Gambler) e Matt Reeves (The Batman).

Também ainda não foi anunciada uma previsão de estreia para esta longa-metragem.

Planeta dos Macacos (título em Portugal) foi originalmente criado em 1963 com um livro publicado pelo autor francês Pierre Boulle, acompanhando um mundo onde humanos e primatas lutam por poder. Em 1968, chegou a primeira adaptação para os cinemas, que originou mais quatro sequelas lançadas entre os anos de 1970 e 1973. Todas foram produzidas pelo produtor Arthur P. Jacobs (Dr. Dolittle).

Já no início do século 21, em 2001, o renomeado cineasta Tim Burton (Batman) decidiu, ao lado da Fox, fazer um remake do original da década de 60. Embora tivesse sido um sucesso comercial, o fracasso crítico do filme feriu a possibilidade de uma sequência.

Na última década, foi produzido então um reboot completo da franquia de ficção cientifica, com Wyatt a realizar o primeiro capítulo que estreou em 2011. A partir da sequela (2014), Reeves assumiu o cargo de realizador, e voltou ao comando para o terceiro filme (2017). Esta trilogia, que contou com Andy Serkis (O Senhor do Anéis) no papel do macaco Caesar, arrecadou mais de 2 biliões de dólares em bilheteira com um orçamento total de 570 milhões.

Related posts

Leave a Comment