Filmes 

007, Uncharted, Morbius, etc – Estúdios adiam novamente vários filmes previstos para 2021

Segundo informações avançadas pelo Variety, diversos estúdios de Hollywood anunciaram novas datas de estreia para os seus filmes previstos para este ano de 2021.

Depois de 2020 ser um ano com os cinemas fechados devido à pandemia do COVID-19, as produtoras da indústria cinematográfica decidiram adiar dezenas de filmes para 2021. No entanto, na sequência dos problemas ainda causados pelo vírus, os calendários voltaram a ser alterados.

Começando com a MGM, que remove o tão aguardado próximo filme da franquia do James Bond/007 – No Time to Die – de 2 de Abril, e coloca-o no dia 8 de Outubro. Este é o quinto adiamento da produção que estava originalmente agendada para estrear em Novembro de 2019.

No lado da Sony Pictures, o estúdio decidiu adiar a maioria dos seus projetos. O musical Cinderella passou de Fevereiro para 16 de Julho, a adaptação do videojogo Uncharted deixa Julho deste ano por 11 de Fevereiro de 2022, e Peter Rabbit 2: The Runaway encontra-se neste momento previsto para 11 de Junho, apenas dois meses mais tarde. O terceiro capítulo da saga original dos Caça-Fantasmas – Ghostbusters: Afterlife – é retirado do mês de Junho e colocado a 11 de Novembro. Adiado no início do mês para Outubro, Morbius tem agora a sua estreia movida para 21 de Janeiro de 2022.

Passando agora para os filmes da Universal Pictures: O thriller de ação Nobody sai de Fevereiro por 2 de Abril, e o thriller psicológico Last Night in Soho, da subsidiária Focus Features, é adiado de Abril para 22 de Outubro.

A Disney remove The King’s Man, produzido pela 20th Century Studios, de Março e marca-o para 20 de Agosto. Por fim, a Paramount Pictures passa A Quiet Place Part II de Abril para 17 de Setembro.

Esta é a mais recente ronda de adiamentos depois da maioria dos filmes de 2020 serem colocados no primeiro semestre de 2021. Será que estas produções voltarão a receber novas datas com o passar dos meses? Veremos.

Related posts

Leave a Comment